=‘•..•’= O Gato se esconde atrás de sua ferocidade para se proteger...mas se observarmos com o coração podemos decifrar sua real personalidade e perceber a doçura que se esconde profundamente em teu olhar =‘•..•’=...by VGitana Bastet

⇩Postagens

⇩Postagens

MIGUELZINHO


PRIMEIRO FINALISTA MIGUELZINHO: VOTEM  ----> http://www.pastelpet.blogspot.com.br/

Sabe porque eu sou pra lá de especial?

Porque mesmo com todas as dificuldades que tive na vida não
me abalei por elas, graças a todo o amor que recebi, amo incondicionalmente a todos, fui capaz de perdoar quem me maltratou, me abandonou, não penso no quanto irei viver, só penso em como irei viver, quero viver minha vidinha intensamente, quero passear, fazer amizades, brincar com brinquedos novos, demonstrar todo o amor que possuo...


Para que quando a hora chegar olhar para trás e ver que nada foi em vão, quer que essa nova vida que me foi dada de presente, o presente mais lindo, quero aproveita-lo ao máximo!!  Conheça um pouco da sua história:

Com 20 dias de vida fui abandonado, infelizmente isso é algo normal, pessoas irresponsáveis criam animais não castrados, esses se reproduzem desenfreadamente e suas ninhadas são descartadas como se fossemos nada... Eu e meus irmãos fomos colocados em uma grande caixa de papelão para que não conseguíssemos escapar, lá dentro, jogaram batata palha para que não ficasse com fome... Achando que algo não poderia piorar, alguém deitou a caixa de forma que nós conseguimos sair e andamos sem rumo procurando nossa mamãe, mas ela não estava alí para nos alimentar e guiar...

Foi quando uma criança me pegou no colo, sabe, dentre todos os mais 3 irmãos, ela escolheu a mim, me levou para sua casa, queria me adotar mas sua mão não me queria e gritou com ela mandando jogar-me fora, como se fosse um lixo e assim ela fez, me botou do lado de fora de seu portão, só que eu queria entrar, queria me proteger daquele lugar mas ao entrar na casa o menino fechou o portão sem olhar para baixo... eu fiquei prensado entre o portão e o muro... gritei tanto, chorei, rodei no chão, de branco fiquei cinza... foi a pior dor que já senti em toda a minha vida...

Não bastasse isso, a mãe da criança me pegou e jogou de volta na caixa e lá fiquei, meus irmãos foram mortos afogados no valão ao lado de onde abandonaram a nossa caixa... lá fiquei sem socorro, a noite veio, esperei dolorosamente a morte quis vir naquele dia, sofri calado, recolhido em meio as batatas palhas, formigas e pulgas... já estava gelado quando minha mamãe me encontrou na mamãe do outro dia, ela passava por aquele local e viu a caixa, com o coração apertado ela foi verificar se tinha algo abandonado nela e lá estava eu... semi morto... não tinha mais forças para nada, ela me pegou no colo, para falar a verdade, eu cabia em suas mãos, ela me colocou contra seu coração para me aquecer e consegui ouvi-lo, batia apressado.

Ao lado desse coração pulsante, consegui restabelecer a vida, dele consegui forças, garra e alegria para continuar vivendo, pois sabia que naquele momento, aquele coração batia por mim, assim como bate agora e baterá eternamente. Juntos, mamãe e eu, travamos batalhas diárias, tive uma lesão medular que me deixou paraplégico, tenho espasmos nas perninhas mas vivo feliz!!

Atualmente tenho 9 meses de vida e 8 meses de resgatado.

  Dia do resgate: 29.06.2012

    Primeiras 24 horas.

  24 horas após o resgate descobrimos seus olhos azuis.

     5 meses, pesando 600 gramas.


2017

2017