=‘•..•’= O Gato se esconde atrás de sua ferocidade para se proteger...mas se observarmos com o coração podemos decifrar sua real personalidade e perceber a doçura que se esconde profundamente em teu olhar =‘•..•’=...by VGitana Bastet

⇩Postagens

⇩Postagens

Entenda porque você deve tirar o guizo da coleira do seu gato



É praticamente impossível encontrar uma coleira de gato que venham sem um guizo pendurado. E por facilidade ou convenção a maioria das pessoas acaba deixando ele ali, algumas até acham legal o 
barulhinho para “saber onde o gato está”.

Agora, do ponto de vista do gato… isso é a pior coisa do mundo! Como caçadores, eles não podem deixar a presa saber onde estão ou perdem o almoço. Como presa, não podem deixar o predador saber onde estão ou eles é que viram almoço. Por isso eles amam esconderijos, túneis, armários, gavetas, caixas e são tão bom nos famosos passos de ninja: porque são adaptados para serem “invisíveis”.

O guizo vai totalmente contra toda essa natureza dos gatos, e por mais que muitos não demonstrem, a coisa pode ir aos poucos transformando-os em animais frustrados e nervosos. Pense se fosse com
você: cada passo seu faz um barulhinho bem perto da sua orelha, você pode até desistir de tentar tirar o guizo do próprio pescoço, mas não quer dizer que não incomoda, não é?

Então para que serve esse negócio?

Pois é, se está em todas as coleiras deve ter uma utilidade, não? Bom, ele tinha. A ideia do sino no pescoço do gato é tão antiga que está até numa fábula de Esopo, e ela dá uma boa dica da função original do guizo:



A ASSEMBLEIA DOS RATOS – Fábula de Esopo

Era uma vez uma colônia de ratos, que viviam com medo de um gato. Resolveram fazer uma assembleia para encontrar um jeito de acabar com aquele transtorno. Muitos planos foram discutidos e  abandonados. No fim, um jovem e esperto rato deu uma excelente ideia:
-Vamos pendurar uma sineta no pescoço do gato e, assim, sempre que ele estiver por perto ouviremos a sineta tocar e poderemos fugir correndo.
Todos bateram palmas; o problema estava resolvido. Vendo aquilo, um velho rato disse:
– O plano é inteligente e muito bom. Só falta uma coisa: quem vai pendurar a sineta no pescoço do gato?
Moral da história: Falar é fácil, fazer é difícil. 
…e a moral do guizo é: ele salva animais inocentes das garras de gatos que ficam soltos na rua (e evita “presentes” ensanguentados no seu lençol).

Uma pesquisa da instituição britânica British Trust for Ornithologists (BTO) mostrou que com o tempo os gatos aprendem a caçar sem soar o guizo, e que para ele continuar sendo eficiente o modelo precisaria ser trocado periodicamente.

Mas a BTO tem uma solução melhor para manter pássaros vivos e gatos menos irritados: coleiras chamativas (sem guizo!) de cores brilhantes: laranja forte, rosa neon, que vão se destacar na paisagem e alertar os pássaros do perigo de maneira eficiente.

Algumas coleiras até refletem a luz de faróis e ajudam a evitar atropelamentos, um dos muitos riscos frequentes na rua. E a melhor parte é: o gato não vai ver a cor brilhante no pescoço dele, e vai continuar andando por aí da maneira como foi feito para andar, de maneira silenciosa. Todo mundo ganha :)

E claro que se seu gato vive seguro dentro de casa, não existe essa preocupação e você pode simplesmente tirar aquele guizo da coleira e usá-lo para fazer um brinquedinho!


Fotos: Rachel Fisher e Hajime NAKANO
Gatinho Branco.com

2017

2017